O Projeto

O Projeto HiDia é um estudo experimental desenhado para avaliar a efetividade de uma intervenção de controlo da hipertensão em indivíduos medicados não controlados e seguidos nos cuidados de saúde primários de Lisboa e Vale do Tejo.

A componente educativa é constituída uma sessão de educação para a saúde e auto-gestão da doença realizada por profissionais farmacêuticos. Esta componente educativa será adaptada às necessidades de conhecimento de cada participante, tendo por base uma avaliação inicial dos conhecimentos, crenças, atitudes e comportamentos, bem como características sócio-demográficas de cada participante.

A componente comportamental inclui o registo da toma de medicação e dos valores de Pressão Arterial obtidos por auto-monitorização em casa – Diário da Hipertensão. Ainda, é incentivado que os participantes partilhem este diário com os seus médicos assistentes, como reforço da comunicação médico-doente.

Espera-se assim que este estudo contribua para uma melhor adesão à terapêutica, adoção de estilos de vida mais saudáveis e, consequentemente, para um melhor controlo da Pressão Arterial dos doentes hipertensos medicados não controlados.

O projeto HiDia tem como consultores os Prof. Doutor Espiga de Macedo, Prof. Doutor Armando Brito de Sá e Prof. Doutor Braz Nogueira.

hipertensão

No final da do estudo a efectividade será avaliada pela diferença do nº de participantes controlados entre o braço da intervenção e o braço do controlo, pela diferença da redução da pressão sistólica e pelo aumento da adesão à terapêutica.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License